Água de Moringa

Água de Moringa

Gêneros:
Tags:
Trecho:

sobre o amor solto nas ruas

A mulher catando latas de cerveja
um fio de sangue, um corpo na calçada
um cego embriagado entoando samba
E dois jovens se beijando como em maio
enquanto um velho aos farrapos diz que é Cristo
a dois meninos dormindo em papelões.
Um outro bêbado gritando ao mundo e a Deus
o mesmo de quem falava um homem crente
com promessas de inferno e paraíso,
enquanto alguém vendia doces e dizia:
“é doce!” e andava com muletas, e sorria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *